Instagram!! :D

July 13th, 2012 by Andrea

Comecei a usar e viciei! Estou conseguindo atualizar com uma frequencia bem maior do que o blog porque o instagram é mais rapidinho, vou tirando fotos aqui e acolá. :D E tem várias fotos mais pessoais, alguns pitacos sobre moda, aqueles looks do dia de elevador (não que eu seja uma expert em moda, mas curto compartilhar o que estou gostando de usar rs),… :)

Espero vocês por lá… :D Para seguir é só adicionar o @beautyblogbr :D

 

Posted in Autor - Andrea | Nenhum Comentário »

Eu testei: Desodorante Stick Cross Terrain da Kiehl’s

July 12th, 2012 by Andrea


Fiquei curiosa e comprei este desodorante da Kiehl’s na própria loja aqui no Brasil, aproveitando a inauguração no Shopping Leblon. Adoro a marca e me animei tão logo vi a indicação dele: atletas e homens. Acho os desodorantes masculinos de efeito bem mais duradouro do que os femininos. Sendo de atleta ainda.. Duraria a vida, ne? Rs

O produto é tipo “invisible solid”, com ativos antiperspirantes e óleos essenciais desodorizantes e se propõe a conferir uma sensação de “limpeza a seco” para ajudar a reduzir o suor e o odor durante o dia inteiro. Sua fórmula não contém parabeno. Até ai tudo lindo, ne?

Mas o uso é um verdadeiro pesadelo. Não é um produto seco, como deveria se supor deste tipo de formulação. Não seca direito e ao longo do dia parece que fica mais molhado ainda. Ao aplicar o produto não fica inteiriço e sai aos pedacinhos pequenos. Claro que mancha a roupa, de branco e bastante.

O cheiro do produto é incômodo. Quando comprei me pareceu na embalagem um cheirinho de limão, mas agora com o uso diário to achando com cheiro de desinfetante (Oi Pinho Sol!). E o cheiro não passa durante todo o dia. Normalmente com o decurso do tempo os aromas de cremes e perfumes passam durante o curso do dia. Esse cheiro dura todo o dia na mesma intensidade ruim.

Única coisa que devo dizer que funciona é que dura o dia todo.

De resto esse produto vai direto para o lixo.

Posted in Autor - Andrea | 2 Comentários »

Esmalte da semana: Brutton Street da marca Nails Inc

July 7th, 2012 by Andrea

Da Sephora francesa trouxe esse esmalte de uma marca que não conhecia ainda, a londrina Nails Inc. Não achei barato (14 euros), mas equivalente aos preços da OPI no Brasil (estou achando os vidrinhos por R$39!). Na hora em que me deparei com o mostruário destes esmaltes fiquei encantada! Merecia foto, mas não fiz porque a correria da viagem era grande! Eram tantos vidrinhos bonitinhos na prateleira com cores fofas e uma sequência infinita de rosas organizados do mais claro para o mais escuro que não resisti. O meu é o Brutton Street. Eu já comentei aqui que quando penso em trazer esmalte gringo, como são mais caros, meu critério é escolher cor que eu vá usar bastante para fazer valer meu dinheirinho rs Por isto a escolha desta cor. É um rosa lilás, sem fundo bege, sem cintilância ou glitter. Achei que o esmalte tem boa cobertura. As manicures comentaram ser um pouco grosso na aplicação, mas fácil de limpar.

(Não reparem a “emenda” do esmalte que ainda não limpei rs  A manicure – não era a de costume – não empurrou as cutículas direito, passou o esmalte por cima e depois ficou aquela partezinha sem esmalte entre a pele e a unha grrrrr… Ai emendei, so não limpei hahahaha)

Posted in Autor - Andrea, Esmaltes e Unhas | Nenhum Comentário »

Eu testei: brilho labial Lumieres da Contém1g

June 7th, 2012 by Andrea

Testei  os brilhos labiais  Contém 1g, nas cores cherry brilhante (vermelhinho vivo) e mandarin brilhante (laranja translúcido), enviados pela marca. O 3º que vai aparecer nas fotos foi presente de uma amiga querida e é o diva brilhante.

Eu confesso que ando meio desanimada desse tipo de produto porque uso óculos. Agora vocês tão dizendo “eu hein?” rs. Vou explicar: bate aquele vento maneiro, o cabelo gruda no gloss, vou arrumar, um fio solto e passa na lente, suja os óculos e ai para limpar é um inferno hahaha. Mas quando testei esses produtos da Contém me surpreendi: a textura é ótima. Ele tem um aspecto bem “molhadinho”, com bastante brilho e glitter multicolorido. O glitter tem uma boa textura, embora eu prefira produtos com glitter ainda menor. Só que esse glitter não fica “arranhando nos lábios”. Também não é um gloss muito grosso e nem grudento como os da lipglass da MAC. ALém disto, ele não tem muita cobertura, é mais fino. E ainda assim a cor aparece nos lábios.

Meu favorito é, sem dúvida, o cherry brilhante. Dá aquela iluminada no rosto e fica aquele “vermelhinho lábios suculentos” ;)

Impliquei com o pincel de pelinhos para aplicar e com a forma de usar tendo de apertar o tubo. Achei difícil de dosar e de utilizar sem espelho. Quando se aperta muito o produto sai demais e acaba sendo aquele exagero nos lábios. E o pincel para quem, como eu, tem o hábito de reaplicar batom e gloss onde quer que esteja, sem espelho, complica.

De todo modo, ressalvadas essas considerações, é um produto que gostei. Penso que quem curte gloss e quer algo de boa qualidade e com preço melhor que os gringos. (Mas por ser marca nacional acho que poderia estudar melhor esses preços para se tornar mais competitiva, hein?)

 

Aliás, estou muito surpresa com a qualidade dos produtos da Contém1g, principalmente sombras de cores bem pigmentadas (não as soltas! rs) e os batons matte. :) Estou curtindo bem mais que Natura e Boticário.

 

 

Posted in Autor - Andrea, Maquiagem | Nenhum Comentário »

Mais sobre a base Touche Eclat da Yves Saint Laurent :)

May 28th, 2012 by Andrea

Não  posso ver um lançamento de base nova que já fico doida para conhecer e testar! Sou “foundation junkie” assumida e estou sempre em busca da melhor base da galáxia rs. Enquanto ela não é inventada (ou eu não descubro), vou vasculhando tudo para descobrir dentre as novidades o que pode me interessar rs

Fiquei curiosa com a proposta nova da base da Yves Saint Laurent. Eles expandiram a linha Touche Eclat e criaram a base de mesmo nome em comemoração ao 20º aniversário da caneta iluminadora! O Touche Eclat é um produto muito famoso, super copiado e pioneiro no quesito iluminar áreas do rosto. Sucesso de venda inegável e com inúmeros fãs.

O produto deve ser lançado no período de julho a agosto deste ano. Nos EUA a previsão é chegar em agosto. O preço na Inglaterra será de 28 libras (mais ou menos uns R$ 90,00).

Uma blogueira de make up que acompanho no youtube foi ao lançamento internacional do produto, recebeu um e testou em video. Claro que cacei o video, vi e fiz um resuminho das impressões dela para vocês:

- Proposta iluminadora. Acabamento glowy. A ideia é adicionar “luz” ao rosto;
- Precisa de pó para dar acabamento;
- Não é de longa duração. Apontou como duração de 8 horas;
- Cobertura leve, um pouco superior a um hidratante com cor;
- Não é para quem gosta de bases de média a alta cobertura;
- A autora não sabe como vai funcionar para quem tem pele oleosa e recomenda testar antes.

O vídeo é este aqui:

qoiuctWlk5c

[youtube]qoiuctWlk5c[/youtube]

A base virá em 22 cores, com subtons rosados, neutros e amarelados.

Confesso que desanimei com a cobertura porque eu curto mesmo cobertura média a total e minha pele é normal a oleosa, mas testando quem sabe não curto? :) Só não vai rolar comprar sem nunca ter visto ou usado, como faço com algumas bases ;)

Quem comprar e testar essa base conta para a gente o que achou! :D

Posted in Autor - Andrea, lançamento | Nenhum Comentário »

Diário de viagem: um dia em Bruxelas, Bélgica

May 28th, 2012 by Andrea

Cheguei a comentar aqui no blog que nas férias viajei para 3 cidades européias agora em Maio: Paris, Amsterdam e Bruxelas. Quero contar para vocês um pouco do que vi nestes lugares, mas só consegui terminei o relato de Bruxelas rs Para os outros relatos faltam alguns dados que quero cruzar com as informações e lembranças que meu namorado tem dos lugares, principalmente em relação ao roteiro de viagem de Paris porque lá fazíamos tanta coisa por dia que fica dificil de contar :)

Vamos lá? Qualquer dúvida só colocar nos comentários que vou respondendo! :)

Espero que vocês gostem :)

 

BRUXELAS

Já sabíamos de antemão que ficaríamos em Amsterdam por mais  tempo que o necessário para se conhecer a cidade.  Por isto, aproveitamos o domingo e fomos para Bruxelas de trem. Eu queria ter feito Paris-Bruxelas-Bruges-Amsterdam de trem. Várias amigas fizeram assim e disseram ser um passeio lindo, mas encarecia a já não barata viagem rs. Nosso voo era Rio-Amsterdam-Rio, com direito a stop over em Paris. Como teríamos esse dia a mais resolvemos fazer uma viagem “bate e volta” até Bruxelas para o circuito básico turístico.

Pela internet só era possivel comprar os high speed trains. Nada dos trens convencionais. O trecho de Amsterdam-Bruxelas-Amsterdam nestes trens duravam 2 horas, mas ao custo de 160 euros para mim e aproximadamente 110 euros para o meu namorado (menores de 25 anos tinham desconto na compra de bilhetes de trem)!

Resolvemos então deixar para ver essa parte em Amsterdam mesmo, pois pensamos que poderíamos encontrar uma forma mais barata de chegar em Bruxelas. E não é que tinha? :D Pela internet só conseguíamos ver a opção de compra do trem High Speed. Não aparecia nenhum outro tipo de trem. Porém, na estação central de Amsterdam a atendente nos informou que havia o trem comum que é chamado por lá de Inter City. Com isto a viagem duraria 3 horas, mas ao custo de 50.15 euros por pessoa. Muito melhor né? :D

O bilhete de trem que compramos valia para aquele dia apenas, mas sem limitação de horário. Então podíamos pegar praticamente qualquer trem. :D De Amsterdam para Bruxelas há trens a cada hora, sem baldeação. Muito tranquilo. Durante a viagem, estávamos tão cansados que dormimos muito! E enquanto acordados pudemos apreciar a belíssima paisagem de campos verdes, vaquinhas e moinhos.

Chegamos em Bruxelas. A cidade tem 2 estações de trem: a Central e a Gare du Midi. Nós acabamos descendo nesta última (mas a Central é mais perto da Grand Place e da maioria das atrações). Chegando lá fomos procurar o setor de informações para turista. Compramos mapa e nos informamos sobre o funcionamento do metrô.

É interessante comentar que a Bélgica tem dois idiomas oficiais: holandês e francês. Por isto, todas as placas e informações vêm nesses dois idiomas. Holandês é impossível de entender, mas eu tenho uma base boa de francês porque estudei em um colégio franco-brasileiro durante parte da minha infância/adolescência. Não tenho mais a fluência que um dia tive, mas felizmente entendo tudo do idioma e consigo estabelecer aquela comunicação básica. Meu namorado faz curso de francês então o idioma não foi um obstáculo. Nos pontos de informações turísticas é possível falar em inglês sem contratempo e hoje em dia não é nem um pouco difícil encontrar quem fale inglês em qualquer cidade do mundo, né? :). Agora para quem não fala inglês, nem francês a saída é a boa e velha mímica e paciência redobrada para o trabalho extra que a dificuldade de comunicação vai representar em uma viagem internacional.

Bom, voltando ao deslocamento por Bruxelas :) Como na maioria das grandes cidades européias, a estação de trem é integrada ao metrô. Compramos o bilhete de uso diário ao custo de 6 euros para ter maior mobilidade pela cidade.

Nosso roteiro foi o seguinte:

Atomiumsquare – metrô 6 estação Heysel. No local tem um dos símbolos de Bruxelas: uma grande molécula de metal chamada Atomium. É um resquício da Feira Mundial de Bruxelas, ocorrida em 1958 – da qual o Brasil participou.  Cada uma das “bolas” do Atomium são salas com exposições permanentes. São 5 no total e é possível entrar em todas. Não achei que as exposições fossem realmente interessantes. Se fôssemos ver uma a uma não ia dar tempo de fazer mais nada na cidade rs. Vimos uma só para ter uma ideia do que tinha dentro e fomos logo apreciar a vista. Do alto da para ter uma vista da cidade, mas que poderia ser melhor explorada se houvessem mapas explicando o que se vê de Bruxelas do alto. Normalmente estes lugares com vistas panorâmicas de cidades costumam ter este tipo de explicação.Não acho que tenha valido a pena ir lá. Longe, fora da zona turística real da cidade.

Mini Europe – Fica muito próximo ao Atomium. Compramos um bilhete combo de Atomium + Mini Europe, ao custo de 23 euros. Se alguem falar para voce visitar a Mini Europe em Bruxelas fuja gritando. 13 euros p entrar! E é um parque de maquetes de monumentos das cidades européias. Sem graça. Passei raiva.

De lá fomos para a Grand Place, uma praça de beleza arquitetônica inestimável. Lá ficam os prédios da Prefeitura e um Museu Belga, além de outras belezas arquitetônicas.

Paramos para almoçar em um dos restaurantes dos arredores da praça e provamos a especialidade local: moules et frites (marisco cozido com fritas). Muito bom! Para acompanhar, cerveja belga :)

Andamos pelas ruas que cercam a praça, cheia de turistas atrás dos famosos chocolates e biscoitos. Tem uma chocolaterie do lado da outra! Algumas mais conhecidas, como Godiva e Leonidas e outras locais apenas. As lojas de biscoitos amanteigados também se espalhavam pelas imediações da Grand Place. Muitas opções! E provamos a famosa gaufre local que é um wafer crocante por fora e bem macio por dentro. Acrescentamos cobertura de chocolate, morangos e chantilly. #projetobuda rs

Também passamos pelo Manneken Pis que é outro ponto turístico de Bruxelas.

Na sequência, eu quis conhecer o Parc de Bruxelles. Longe da zona turística, deu para ver o que as familías belgas fazem em um domingo: crianças brincando, adultos lendo, adolescentes se encontrando para piquiniques. Uma delícia de se ver em um parque muito bonito. Saindo do Parc fica a Royal Place, onde se situa o Palácio Real Belga.

Continuando o passeio, fomos subindo pela Rue de la Regence. Que rua linda de se caminhar, bem na lateral do Palácio Real! Essa tem de ir ver!! :)  Prédios antigos lindíssimos, o Palácio Real nas imediações, a igreja Notre Dame du Sabon, a Grand Sinagogue de Bruxelles, Museu Magritte e ao fundo o Palácio de Justiça (estava em obras! Que pena!). Tudo nessa região, praticamente lado a lado. Pelo caminho tinha uma praça linda toda florida que não consigo achar o nome de jeito algum, mas que rendeu umas 100 fotos rs!

Amei Bruxelas e tenho vontade de voltar com mais calma, em um dia de semana, para ver como a cidade se comporta, conhecer os museus. Confesso que achei injusto falarem que a cidade não tem nada a ver/fazer e que é cidade para uma tarde só rs . Só de estar lá e andar pelas ruas lindas, organizadas e limpas de Bruxelas, vendo a paisagem maravilhosa já vale um dia inteiro fácil!

Para quem desejar conhecer a Bélgica, há outros passeios bacanas. Normalmente os roteiros dos brasileiros incluem Brugges também que é uma cidade de feição mais medieval. Uma amiga que está indo por esses dias para a Bélgica colocou no roteiro a ser feito de carro visitas as abadias produtoras de cerveja! Vou esperar ela voltar para contar a experiência e compartilho se tiver dado certo :)

Algumas fotos estão abaixo, na galeria :)

Posted in Autor - Andrea, Viagens | 2 Comentários »

Esmalte da semana: Bourjois anti-choc cor 14

May 24th, 2012 by Andrea

Trouxe 3 esmaltes de viagem. Já parei com esse lance de comprar esmalte de cor inusitada quando viajo. A razão é simples: esmalte de cor exótica eu acabo usando poucas vezes e os importados são já mais caros. Então acaba encalhando tudo por aqui. Um desperdício de dinheiro, né? rs

Então quando viajo trago esmaltes de cores que eu sei que vou querer usar mais de uma vez. Aproveito para testar marcas ou formulações diferentes.

Comprei os 3 esmaltes da foto abaixo e vou aos poucos mostrando para vocês. Os 2 esmaltes da Bourjois eu ganhei de presente do namorado no Duty Free do Rio. Estavam por volta de US$ 9,00 e vem 9ml. O do vidro redondinho, é de uma marca britânica chamada Nails Inc. Estou curiosa com a marca já há algum tempo e por isso comprei para testar. Precinho meio salgado, 14 euros na Sephora Francesa, por 10 ml. Espero que valha.

O esmalte que vou mostrar hoje é um rosa claro, de tom quente, que quase brinca com o coral. Acho bem verão, cor de esmalte de “”boa moça” rs. No vidro dá para ver uns microbrilhos no esmalte, mas eles quase não aparecem na unha. Acho que servem apenas para “dar uma iluminada no tom”.

Esta linha Anti-Choc da Bourjois promete durar 10 dias nas unhas sem lascar. Oremos. Todo esmalte lasca nas minhas unhas porque elas são muito fracas e quando escamam levam também um pedacinho do esmalte. :( Enfim… não mostrei na foto dos esmaltes porque esqueci rs, mas comprei uma base nova para ver se as unhas melhoram. É essa aqui ó, da OPI, marca já vendida no Brasil (comprei no Freeshop de Amsterdam), que é da linha Nail Envy, de tratamento de unhas, especifica para unhas sensíveis e que descamam – “Sensitive & Peeling”. Depois conto para vocês como me sai com esta base e se trouxe algum resultado.

Voltando ao esmalte da Bourjois, a pontinha do pincel dele é diferente, chanfrado, para ajudar a aplicar melhor. E acho que ajudou sim. Eu fui a manicure fazer unhas, mas tentei aplicar em casa em algumas unhas e deu certo. Achei mais fácil, sujou menos os cantinhos. To deduzindo que vai facilitar para quem faz as próprias unhas. Menos sujeirada para limpar :)

Também me surpreendeu nesse esmalte que 1 camada dele já tem uma cobertura bem razoável. Daria para passar 1 camada só, porque ele praticamente não mancha. Outro facilitador para quem optou por ser a própria manicure. Mas fica mais bonito com 2 camadas, claro :)

Ainda não deu para ver a durabilidade, mas fiquei satisfeita com a aplicação e com a cor. :)

Posted in Autor - Andrea, Esmaltes e Unhas, Unhas | 1 Comentário »

Novidades de Esmaltes – Impala

May 21st, 2012 by Vanessa

Não resisto às novidades de esmaltes e adoro as cores invernais.

Ou seja, amei a novidade. Em breve, postagem das unhas com as novas cores da Impala. (aliás, muito bacana o tema da campanha).

Posted in Autor - Vanessa, Esmaltes e Unhas, lançamento | Nenhum Comentário »

“Spoiler” do blog rs e sugestão de leitura

May 18th, 2012 by Andrea

Tirei uma foto de alguns dos produtos novos que tenho para testar, para os olhos e rosto e resenhar para vocês. :)

Na foto:
- Estoquinho de lápis de olhos Beyu, meus favoritos, não tem jeito! rs
- Máscara Lash Queen Fatal Blacks da Helena Rubinstein. Eta marca dificil de achar!! A máscara Lash Queen – nunca testei essa versão – é uma das minhas favoritas, junto com a Dior Iconic!
- Base Mat Velvet da Make Up Forever. Fiquei animada depois de testar a base Hd da marca e resolvi comprar essa, tão bem falada por uma blogueira que tem zilhões de videos no Youtube e que sempre dá boas dicas :) Testei na viagem e deu certo. Vamos ver no Brasil;
(Ah e já tem Make Up Forever à venda por aqui, vocês viram na Sacks? Achei os preços melhores do que eu imaginava para o padrão Brasil! Óbvio que não baratos, mas menos caros do que eu esperaria.)
- Base Traceless Foundation da Tom Ford. Absurdamente cara, como toda a linha Tom Ford. FOi uma das insanidades da viagem. Eu amei os batons da marca, quando lançaram os outros itens da linha skincare fiquei doida querendo conhecer. Pude testar a cor no rosto, a minha é a 04 (sou MAC studio fix NC25-30) e não resisti… rs Essa tem obrigação de dar certo!
- Corretivo da Helena Rubinstein. Logo que comecei a usar make e a frequentar comunidades no orkut do assunto várias meninas amavam esse corretivo. Vi, testei na hora em Amsterdam e gostei. Acabei trazendo rs

Vocês vão ver esses e outros produtos futuramente resenhados por aqui :)

E uma sugestão de leitura, direto do blog do Pedro que escreve excelentes artigos de skincare, sobre óxido de zinco, substância componente de vários protetores solares :) Sempre bom saber o que vai nos produtos que colocamos em nossa pele, sobretudo naqueles destinados a protegê-la, não é? Espero que curtam. Clicar aqui para ler :)

Bom final de semana a todos! :)

Posted in Autor - Andrea, Maquiagem | Nenhum Comentário »

Sobre técnicas de maquiagem: o tightlining

May 18th, 2012 by Andrea

Adoro essa técnica de maquiagem! Confesso que não faço muito em mim porque tenho bastante cílios, embora não tão volumosos, mas nada que 38947357485 camadas de máscara de cílios ou o combo primer + máscara não resolvam!

Essa técnica tem por função dar uma impressão de se ter mais cílios, fazer com o que os olhos pareçam mais abertos e ajuda também a tornar o smoky eyes mais bonito. É especialmente bacana para quem tem cílios com pouco volume (alô descendentes de orientais! :)). Consiste em delinear os cílios superiores pela parte de dentro dos olhos ou bem rente a linha superior dos cílios, o que ajuda a dar esta impressão de mais volume.

O video que vai ilustrar esse post é em inglês, mas está tão didático que vale a pena olhar. A autora menciona usar “cake eye liner” que é uma sombra mais compactada e utilizada com pincel chanfrado úmido e recomenda especial cuidado com a queda de resquícios de sombra nos olhos, especialmente para quem usa lente de contatos. Dá para fazer com delineador em gel ou lápis de cílio, embora eu ache que o resultado fica mais elegante com a sombra úmida mesmo.

Dito isto, segue o video :) Espero que gostem:

[youtube]MfXQN5FlF2Q[/youtube]

E aqui mais algumas informações, em texto, do blog da Temptalia.

Posted in Autor - Andrea, Maquiagem, Olhos, videos | Nenhum Comentário »

O retorno das férias e a Sephora que queremos ver :D

May 17th, 2012 by Andrea

Estava sumidinha do blog, mas com um motivo bem fácil de entender:

Viagem de férias delícia, ao lado do namorado :D E voltei com produtos e novidades para vocês, claro. Ainda tenho uns diazinhos de férias e vou tentando fazer o máximo de posts por aqui. Depois, a pedido das amigas e porque talvez alguns de vocês tenham vontade de planejar uma viagem bacana também, vou contar como foi e o que fiz pelas três cidades que visitei na Europa. Só não tenho muitas dicas de compras porque viajando com namorado fica difícil se jogar nas lojas rs

 

Enquanto isso queria deixar para vocês um video bacana que fizemos na viagem. Está bem amador, sem edições. A cena? Sephora, Champs Elysees, a principal da cidade. Sábado à tarde, por volta das 17 horas. E era isso o que acontecia. Não sei vocês, mas quando as lojas físicas abrirem eu quero ver isso aqui por lá ó (esse astral!) rs

[youtube] c–5NurYBfc [/youtube]

http://www.youtube.com/watch?v=c–5NurYBfc (O blog tá dando problema e não to conseguindo incorporar por nada o video… Enquanto isso fica ai o link :/)

 

Que tal? High hopes rs

 

Ah e mais um pouco de Paris nesse blog aqui, com fotos lindas! :)

Posted in Autor - Andrea, Viagens, videos | 1 Comentário »

O que posso levar na bagagem em uma viagem internacional?

May 4th, 2012 by Andrea

O assunto não tem muito a ver com beleza, mas ajuda a evitar stress rs E sem stress mais belas, não é? rs

Quando a gente viaja nunca sabe bem o que pode levar na bagagem de mão, que tipo de eletrônicos podem entrar e sair do país sem risco de tributação, etc. Para os itens da bagagem de mão, aconselho visitar o site (ou os sites) das companhias aéreas nas quais vocês tem optado por viajar. Especial atenção porque as regras podem variar de país para país. Vale a pena dar uma lidinha para evitar perrengue.

Por exemplo, American Airlines e Air France explicam nos links marcados. :)

Quanto à tributação pela Receita, vale lembrar que não há mais emissão de declaração de saída de eletrônicos do país. A dica é levar a nota fiscal. Mais informações sobre a aduana aqui.

No mais, boa viagem :D

 

Ah, no Tumblr do blog postei as minhas escolhas de pincéis e batons para viajar :)

 

Posted in Autor - Andrea, Viagens | 1 Comentário »

Os novos batons da Lancôme: “Rouge in Love”

April 23rd, 2012 by Andrea

Estava navegando pela Internet quando me deparei com uma nova coleção de batons da Lancôme. Acho a textura dos batons Lancôme uma das melhores que existem! Mas, apesar disto, tenho poucos batons da marca e mais batons MAC por conta de preço, diversidade de cores e até mesmo do estímulo que o Back To MAC (Esse todo mundo conhece, né? 6 embalagens plásticas vazias de produtos MAC podem ser trocadas por 1 batom da linha regular) representa na hora da compra.

Mas não pude deixar de admirar a coleção Rouge in Love! Quanto batons lindos! Quantas opções de tons! :D

A proposta do batom da linha Rouge in Love é ser uma fórmula de longa duração. São 21 cores divididas em 3 grupos: tons para o dia  Jolis Matins (“manhãs bonitas”), tons para coquetel chamadas Boudoir Time e tons intensos chamados Tonight Is My Night. A Lancôme numerou os batons e identificou as cores do primeiro grupo com um M, do segundo com um B e do terceiro com um N ao lado dos números.

Gostei principalmente dos batons em tons de rosa (Jolis Matins)! Acho que cobicei todos esses rs

A coleção já foi lançada e o preço lá fora é US$ 25.

No blog da Karla Sugar tem aqueles swatches maravilhosos que ela faz :) As fotos estão abaixo para vocês admirarem :D

 

 

Posted in Autor - Andrea, lançamento | Nenhum Comentário »

YouTube: a maquiagem da dra. Callie de Greys Anatomy

April 17th, 2012 by Andrea

Compartilhei este video no twitter do blog no domingo (sigam a gente! :D @thebeautyblog), mas achei que valia postar aqui também. Nunca tinha colocado um tutorial de menino fazendo make up e achei este muito bom. Achei muito simpático também. O nome dele é Jean François. A maquiagem que ele faz é da dra. Callie do seriado Greys Anatomy que amo :D

Espero que vocês gostem:

[youtube]1-sJlpqRkgI[/youtube]

Posted in Autor - Andrea, videos | 1 Comentário »

Gris Collection, da Contem 1g: meu item favorito, sombra em pó solto Grenadine Cintilante

April 16th, 2012 by Andrea

Recebi alguns itens da Gris Collection da Contem 1g e vou mostrar alguns para vocês. Resolvi começar pela sombra em pó solto Grenadine Cintilante.  Eu amei a cor! Bem invernal mesmo. Uma coisa meio uva  fechado, com microbrilhos douradinhos que na luz parecem acobreados. Uma fofura mesmo…

O problema é… por que por queeeeeeeeeeeee tem de ser em pó solto? Fico assim ó quando vejo uma sombra bonita em formato de pigment. Morro de preguiça de aplicar produtos assim, caem mais pelo rosto e tem de tomar aquele super cuidado. Para quem está, como eu, todo dia se maquiando na correria, simplesmente não é prático e acaba se usando menos do que se usaria normalmente. Claro que dá para prensar, mas se o produto podia ser de uso mais simples já de fábrica por que não?

Só que a cor é tão linda que me vi usando por todos os dias da semana passada! E isso fez com que fosse eleita minha favorita da coleção.

A sombra não tem uns brilhos grandes ou grosseiros. Achei adequada para o uso durante o dia, usada no côncavo, com uma cor mais leve no resto do olho (um bege ou pérola). Uma boa ajuda para fugir do marrom nosso do dia a dia.

E um swatch da sombra na minha mão. (Hoje não foi meu dia de sorte tirando foto rs… Simplesmente não me acertei com as fotos como gostaria. Relevem ;/). Ficou um pouco mais amarelada do que ela é na realidade.

Posted in Autor - Andrea, Maquiagem | Nenhum Comentário »

Yes, nós temos Tumblr!! :D

April 15th, 2012 by Andrea

Tomei coragem e resolvi me aventurar, criando um Tumblr para o The BeautyBlog :) A proposta é fazer algo diferente do que tenho feito por aqui. Ao invés de posts mais longos quero deixar lá pequenas impressões sobre itens de make up, cosméticos e até – por que não? – um pouco de moda que tenho visto e gostado. A proposta é ter um olhar cotidiano sobre tudo que é belo para uma apaixonada por cosméticos como eu ;) E, de quebra, centralizar as fotos que acabo colocando no Twitter, mas que se perdem por lá.

Espero que vocês gostem. Está bem no início ainda. :)

Posted in Sem Categoria | Nenhum Comentário »

Sombra Chanel Illusion d’Ombre: um pouco sobre a linha e a minha escolhida, Illusoire

March 30th, 2012 by Andrea

Tão bom ver coisas lindas rs Eu comprei esta sombra em setembro, mas ainda não tinha mostrado para vocês. Faz parte da coleção de sombras cremosas da Chanel, a Illusion d’Ombre. Foram lançadas no 2º semestre de 2011. E são lindas \o/ A linha tem 6 cores, todas metálicas:

- Fantasme: esbranquiçada, praticamente só brilhinhos prata;

- Emmerveille: clarinha, um pêssego com brilhos douradinhos;

- Illusoire: a escolhida por mim. Falarei mais dela abaixo;

- Epatant: verde musgo com fundo e brilhos prateados;

- Mirifique: preta com brilhos prata;

- Ebloui: um marrom avermelhado e brilhos sutis dourados.

O excelente blog gringo The BeautyLookBook fez um swatch bacana com todas. Aqui:


Fiquei curiosa com a sombra, mas, como essa vida de viciada em make up me faz ter muita coisa,  me permiti comprar apenas uma. Depois da dúvida entre a epatant (verde prateado) ou a illusoire, acabei optando por esta última.

A illusoire tem um brilho lindão! É um prata arroxeado. A textura dela lembra uma mousse, tem o brilho de sombra em creme (aparência ligeiramente molhada), só fica seca, quase pó depois de um tempo. Eu diria que é uma textura creme a pó. Não achei muito glitterizada. Como todas as sombras brilhosas da Chanel, ela tem um efeito chique. Não é aquele brilho gigante, com grânulos quase que esfoliantes não rs Nos meus olhos fica mais para o acinzentado do que para o arroxeado.
Pode ser aplicada com o dedo ou com o pincel que vem com ela. O pincel parece de lábios, tem as cerdas macias e dá até para delinear ou esfumar na parte debaixo dos cílios. Não achei difícil a aplicação com os dedos. Ela espalha bem até secar. E dá para ser esfumada com um pincel para fazer um côncavo marcado. Não achei também que o produto cai pelo rosto ao aplicar. Mas eu sempre tomo o cuidado de não passar demais a cada aplicação.
Minhas pálpebras são oleosas e por isto aplico todas as sombras com primer. Testei sem primer para contar para vocês a duração. Em mim ficou bacana por umas 6 horas, o que eu acho ótimo considerando a oleosidade natural que tenho. Depois disto ainda havia sombra, mas com algumas pequenas falhas que não comprometeram o visual geral rs
Dá para dosar a quantidade de sombra para mais e para menos, o que muda a intensidade da cor. E com isto acho que dá para usar de dia e de noite. Confesso que não tenho medo de brilho durante o dia. Eu gosto mesmo e uso sem problemas. Acho que usar óculos me deixou mais corajosa porque dá uma “disfarçada” na cor da sombra usada rs
Gostei demais. Compraria a coleção inteira… rs
Fica a minha sugestão. É cara, mas de ótima qualidade e lindona!

Posted in Autor - Andrea, Maquiagem, Olhos | Nenhum Comentário »

Eu testei: Corrector Bobbi Brown

March 12th, 2012 by Andrea

O que é? Uma espécie de pré-corretivo feito para neutralizar o tom das olheiras. Vem nos subtons rosado (denominado “bisque”) e pêssego (“peach”).  A ideia é passar antes do corretivo, neutralizando as olheiras.

Comprei o meu na loja da Bobbi  Brown de Buenos Aires, nas Galerias Pacifico, em outubro do ano passado. Não foi exatamente uma pechincha rs. Os preços lá praticados equivalem aos da MAC no Brasil X MAC dos EUA. Lembro de ter sido algo em torno de R$ 68,00. Pelo tempo transcorrido pude usar bastaaaante para contar a vocês tudo o que achei do produto.

Sinceramente? Não entendi o hype em torno dele rs. O produto é bom, mas não chega a ser o corretivo perfeito da vida. Vou começar pelos defeitos.

O Corrector vem em uma embalagem de potinho, só que mais resistente e mais bem acabada do que o studio finish. E na embalagem tem um espelho microscópico que não acredito que alguém consiga usar para aplicar o produto. Tem de usar o ~dedo~ para aplicar. Acho isso super inconveniente, sobretudo para retoques na rua. Além de ser anti-higiênico, claro. O pote também vem com pouco produto: apenas 1.4g. Para vocês terem uma noção, o Corretivo Effacernes da Lâncome vem com 14 g (e em bisnaga!). O studio finish tem 7g e custa US$ 17, enquanto o corrector custa US$22 e vem com 1.4g.

Seguindo na linha dos problemas rs: acumula demais. O produto é grosso e oleoso. Creio ser mais grosso que o studio finish da MAC. Por ser grosso, não vejo como, ao menos para mim, utilizá-lo como pré-corretivo, aplicando outro por cima. Fica completamente ensebado e acumulado! Sabe aquele efeito de exagero de aplicação de make? Exatamente isso. Nas pálpebras superiores ele é um desastre. Passo só base ali quando estou utilizando-o. Se eu aplicá-lo na região, acumula em menos de 30 minutos. Sério.

Eu testei aplicá-lo usando corretivos mais leves junto, como a caneta iluminadora skinflash da Dior (adoro!), apenas na “linha” que marca o fim da olheira. Bleh. Não gostei. E eu também sou da teoria que muita correção fica artificial demais.

O corrector também marca as linhas. Muito. Quem tem muitas linhas deve fugir do produto. E craquela quando aplicado sem generosas camadas de creme de olhos por baixo. Também não acho a durabilidade espetacular não. Pelo preço e pela proposta, esperaria um produto que durasse o dia todo. Todas as minhas makes compro pensando em longa duração porque eu fico muitas horas fora de casa por conta da jornada de trabalho. No meio da tarde ele já começa a dar tchau.

Comprei o meu na cor light peach. Como o nome diz, tem subtom pêssego. Achei a cor perfeita para mim e ele cobre muuuuuito bem. Acabou me prendendo nesse ponto (sofro muito para ajustar cor!) e não me fazendo encostá-lo na gaveta justamente por isso. Eu uso o meu sem corretivo por cima e acho que fica bom. Depois do almoço dou uma “ajeitadinha” no que estiver acumulando na área dos olhos e deixo.

Pelo post vocês viram que eu fiz mil ajustes para conseguir usá-lo de maneira que considero adequada: aplico pouco, uso só ele, passo bastante creme de olhos antes, não uso nas pálpebras superiores… Eu não acho que um produto possa ser considerado bom quando exige “GINÁSTICA” para funcionar a contento. O produto tem de se adaptar ao usuário e não o contrário.

Vou usar o meu até o fim. Mas se recomprarei? Acho muito pouco provável. Segue a saga do corretivo perfeito… Vou experimentar outros.

Uns swatches (o do produto na mão está escuro, mas a cor saiu fiel).

(Dá para ver até minhas digitais rs)

Posted in Autor - Andrea, Maquiagem, Olhos | 4 Comentários »

Minhas comprinhas de março

March 7th, 2012 by Andrea

Tempos que não mostro as minhas compras de make para vocês, né? Ou monto uma wishlist.. :)

Tirei umas fotos dos itens que comprei esse mês e resolvi mostrar. :) Ainda não deu tempo de testar nada direito, mas aos poucos vou resenhando e contando para vocês o que estou achando.

Base Veil Fluid da marca Hourglass. Conheci a marca em maio, na Sephora de Nova York. O forte da marca é o primer. Recentemente, eles começaram a maquiar algumas atrizes para o Oscar e deu para ver créditos aqui e acolá de makes feitas por eles :). A qualidade é high end e o preço também rs. Eu comprei o corretivo na minha viagem e está na lista do meu top 5. Voltei de viagem com amostra desta base na mala, mas acabei não dando bola. Uma amiga me mostrou a dela e eu adorei. Acabei comprando. A minha cor é a 2, light beige (sou NC25-30 no studio fix da MAC). É uma base de média cobertura, com fps 15 e oil free. Não é seca, dá mais um aspecto natural. E dura o dia todo \o/. Depois faço resenha mais detalhada dela.

Batom Viva Glam Nicky da MAC. Achei muito berrante ao vivo. Esperava algo mais discreto pelas fotos que vi, mas de repente eu que me empolguei na hora de passar. Vou passar com lipbalm por baixo e pegar mais leve. A cor dele é melancia e é beeeem vivo.

Sombras da linha L’oreal Infallible cores midnight blue e golden sage. A primeira é azul marinho e a segunda um verde bem lindo que me lembrou a famosa sombra Erika F, da Lancome. Pena que eu não tenha aqui para comparar… Itens de farmácia nos EUA, bem baratinhos. Comprei de curiosa. A textura lembra a linha Eyes to Kill da Armani que é ligeiramente cremosa, mas seca como pó. Super pigmentadas. Não deu para avaliar a durabilidade sem primer ainda.

Lápis Pearglide cor Undercurrent da MAC. Já comentei aqui que a linha será permanente. Eu sempre quis esse lápis, mas foi descontinuado. Voltou agora em uma coleção e eu corri para comprar… rs

Abaixo um swatch rápido das sombras e do lápis:

Posted in Autor - Andrea, Avaliando compras, Maquiagem | Nenhum Comentário »

Mais sobre filtros solares asiáticos e resenha do filtros Allie da marca Kanebo Extra UV Gel (Mineral Moist) e Perfect Alpha

February 29th, 2012 by Andrea

Não sei nem explicar direito o tamanho do meu amor por esses filtros solares asiáticos. A essa altura já posso dizer que testei uma quantidade considerável de filtros solares japoneses para estabelecer um parâmetro adequado do que gosto e do que não gosto de cada um. Não fiz resenha de tudo que testei rs Até porque alguns eu precisaria retestar e não gostei hahaha Notadamente porque são SECOS DEMAIS (Olá Biore UV Perfect!). É sério. Nunca imaginei que fosse dizer que me incomodava o fato de um filtro solar fps 50 ser seco demais. A base dos fps é feita com produtos que contém óleo. Por isto, quanto maior o fps, mais oleoso tende a ser o filtro solar.

Não tem comparação: nenhuma marca ocidental que testei até hoje tem a qualidade e matificação de filtro solar que encontro dentre os que testo de origem asiática. Não consigo mais comprar filtro nacional. Dos nacionais, os melhores, para mim, são o Minesol OC fps 30, Vichy Capital Soleil fps 30 ou o Adatina Matte fps 25. TODOS são fps 25-30 e muito mais oleosos que versões de fps 50 dos japoneses que testo. Desisti dos nacionais, ainda mais considerando que os meus favoritos asiáticos tem os preços que os nacionais possuem. E alguns que estou comprando para testar agora são 50% mais baratos que os filtros solares de marcas como as citadas.

Desta vez estou testando os filtros solares da linha Allie, da Kanebo. Comprei dois, um seguidinho do outro. Fiquei realmente animada depois de ter comprado o Allie Extra UV Gel (Mineral Moist) e segui comprando, sem pensar muito, o Allie Perfect Alpha. Vou falar dos dois.

O Allie Mineral Moist tem fps 50 e PA+++. Ele tem uma textura chamada de “gel” pelos japoneses, mas que em nada lembra nosso gel, nem tem aquele cheiro de álcool marcante deste tipo de formulação ocidental. Parece mais a textura de nossos filtros solares de loção, mas não oleosa. Ao ser passado no rosto ele não se torna completamente matte na pele. Fica uma aparência ligeiramente úmida que tende a secar após poucos segundos de aplicação, permitindo que se use maquiagem por cima tranquilamente. É levemente matificante, mas não esturrica a pele de tanto ser matte. Tenho a impressão que ajuda na duração da base.

Pode parecer bobeira minha, mas sempre tive algum receio de usar esses filtros solares asiáticos no sol da praia, mas com esse eu perdi o medo e usei várias e várias vezes. Em todas ele se provou muito eficaz e não deixou meu rosto bronzear ;)  Mas reapliquei algumas vezes por precaução e não entrei na água do mar (sou dessas cariocas estranhas que não curtem praia ;)). Depois fui pesquisar detalhes da composição dele e vi que ele é apenas resistente ao suor e não à água. Ops rs. Funciona como base de maquiagem, não necessita de removedor de maquiagem para remoção. Não traz especificação se é ou não resistente ao óleo da pele.

O diferencial deste produto é sua composição por filtros solares físicos, o que faz com que seja menos propenso a causar alergias nas pessoas. E também não são irritantes para os olhos. Eu uso o filtro solar da Clarins na área dos olhos. Até preciso dar um update na resenha porque este produto da marca francesa é filtro solar físico, mas depois de um certo tempo aberto formou uns grânulos que tem me incomodado e que não se desfazem apenas sacudindo o produto. Voltando ao Allie Mineral Moist, os filtros solares deste produto são: óxido de zinco, octinoxate e uvinul A plus.

Animada pelos resultados do primeiro comprei o Allie Extra Uv Protector (Perfect Alpha). Este protetor é fps 50 e PA +++. Tem como principais filtros: octinoxate, óxido de zinco e uvinul A plus. É um filtro solar do tipo loção formulado para uso por mulheres de 20 a 30 anos. A ideia é que o produto seja um “super à prova d’água”, bem como resistente ao sebo e ao suor, sendo ideal para atividades na água, esportes e outras atividades ao ar livre. Serve para o rosto e o corpo. Não tem um tipo de pele específico indicado para ele e funciona bem como base para maquiagem (como qualquer filtro solar japonês ;)).  Os dois filtros solares Allie são extremamente parecidos em termos de matificação. Ainda tenho a sensação de que o Mineral Moist é ligeiramente mais matificante. Devo dizer que o Perfect Alpha é à prova de suor, enquanto o Extra não é. No entanto, a textura do primeiro mencionado me agrada mais. Pode ser bobagem minha, mas acho mais fácil de passar um filtro solar ligeiramente mais consistente do que um em forma de loção. Acho mais fácil de dosar o quanto preciso passar no rosto. Bobagem pura RS. E também gosto do fato de saber que o Mineral Moist é seguro para a minha área dos olhos. Não senti o Perfect Alpha arder na região, mas fiquei receosa de usá-lo.

Não é preciso utilizar removedores de maquiagem para retirar qualquer um desses dois filtros solares de maneira eficaz do rosto. Apesar disto, como eu uso muitos produtos (filtro solar + base todo dia) prefiro utilizar a dupla limpeza passando um óleo removedor de maquiagem e em seguida um limpador sem sabão de uso suave (Cleanance da Avene) para evitar que resquícios do produto na pele possam me causar cravos ou alergias.

Fiz uma foto para vocês comparando a textura… Meio complicado de ver. O Mineral Moist está à esquerda. É mais firme, mais estilo loção cremosa e mais amarelado. O Perfect Alpha é mais líquido, loção e branco.

Notem que para uso de qualquer filtro solar na área dos olhos, especialmente os físicos que tendem a ser matificantes pela sua própria composição, é importante aplicar um bom creme de olhos. Isto faz com que a área não sofra o efeito do produto e para quem usa maquiagem melhora em muito o acabamento e aplicação do corretivo. Sem mencionar os efeitos anti-idade deste tipo de produto, né? Considero creme para área dos olhos obrigatório depois dos  25 anos. E filtro solar é obrigatório para toda a vida! :D

Detalhe importante: praticamente todo ano as marcas asiáticas grandes como Kanebo ou Kao tendem a mudar a formulação de seus produtos, em seu esforço contínuo de aperfeiçoamento. Assim, os produtos mostrados aqui são da formulação 2011. Para 2012 ainda não sei como ficarão. Mas a tendência é sempre que fiquem melhores. Em todo caso, já se sabe que chamarão Allie Extra Uv Gel (Mineral Moist) N e Allie Perfect Alpha N. Assim, os produtos em 2012 passarão a vir com este N no nome. Assim vai dar para saber na horas de comprar se é um produto 2011 ou 2012.

Onde comprar? Tem o melhor preço no Adam Beauty, mas tem de ficar de olho porque vivem esgotando. Outra sugestão é comprar via Ebay. Recomendo o vendedor cianotaurus, com o qual comprei o Perfect Alpha sem problemas.

Ah! Antes que vocês me esganem… Produtos com filtros solares físicos tendem a refletir em fotos com flash! Cuidado, ok? O uso de base minimiza esse efeito, mas se a base tiver filtro solar físico pode não ser uma boa essa combinação.

Fonte das informações (tradução do rótulo)

 

Posted in Autor - Andrea, Saude | 2 Comentários »

« Posts mais antigos